Impotência sexual feminina

A impotência sexual é uma doença muito conhecida por afetar milhares de homens. O que não é muito conhecido é que ela também afeta as mulheres.

É um distúrbio ligado a falta de desejo sexual na mulher. Muitas mulheres sofrem caladas até mesmo por vergonha de não se sentirem excitadas, incapazes de atingir o orgasmo, sem lubrificação necessária para facilitar a penetração.

Muitas se culpam pela incapacidade de ter um desempenho satisfatório durante a relação sexual.

Especialistas reforçam que este fator tem influência direta na qualidade de vida pois afeta a autoestima da mulher.

Pesquisas realizadas pela Secretaria de Saúde de São Paulo afirmam que a impotência sexual feminina atinge 49% das pesquisadas.

Nesta pesquisa foi apurado que 19% não consegue obter orgasmo, 7% não sente nenhum desejo pelo parceiro, 9,5% sente dor durante a penetração. Deste total somente 13% tinham causas orgânicas como inflamações ou problemas hormonais.

Quais as causas?

As causas podem ser:

  • Psicológicas

Depressão, estresse, ansiedade, traumas emocionais (abuso sexual por exemplo), falta de estímulo do parceiro, falta de diálogo entre o casal (quais as preferências na hora do sexo por exemplo), entre outros.

  • Físicos

Doenças crônicas como hipertensão e diabetes. Inflamação do colo do útero, infecções vaginais, retirada dos ovários. Redução hormonal devido a menopausa. Deficiências alimentares, uso excessivo de álcool, fumo e drogas.

Qual o tratamento?

Embora o assunto ainda traga constrangimento, é sempre aconselhável consultar um médico especializado no assunto. Em primeiro lugar este profissional vai investigar a causa e de acordo com o resultado indicar um tratamento.

Seja causa física ou psicológica ele é a pessoa mais indicada para buscar uma solução. O tratamento pode até ser algo simples como tomar cápsulas do suplemento natural Tittanus por algumas semanas.

Se a causa for psicológica, ele lhe encaminhará para um acompanhamento psicólogo. Existem ótimos profissionais nesta área.

Seja qual for a causa converse com seu parceiro (a) e explique o que está acontecendo para que juntos possam buscar uma solução.

O mais importante é que você está disposta a resolver este problema e melhorar a qualidade da relação sexual.

Não desanime nem se desespere, muitas vezes o problema é de origem emocional e você só está precisando de mais colaboração do seu parceiro(a).

Saiba mais sobre a disfunção sexual feminina:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *